Os 7 Melhores Livros de Métodos de 2014

O ano de 2014 foi muito bom para as publicações em geral, e os livros de métodos felizmente não ficaram atrás. Não apenas vários trabalhos novos chamaram a atenção por sua qualidade, mas também diversos textos antigos ganharam versões ampliadas e revistas neste ano. Dentre os muitos livros de destaque, dois dos editores do blog (Guilherme e Danilo) escolheram os 7 volumes que mais gostaram e colocaram uma pequena justificativa para cada um deles.

Segue abaixo a lista com os nossos comentários:


Joshua D. Angrist e Jörn-Steffen Pischke – “Mastering ‘Metrics: The Path from Cause to Effect”.

mastering metrics

Danilo: De todos os livros acadêmicos que li esse ano, Mastering ‘Metrics foi o que mais me agradou. Angrist e Pischke, os conhecidos autores do Mostly Harmless Econometrics, voltaram com um novo livro de econometria direcionado para os estudantes de graduação e outros marinheiros de primeira viagem na disciplina. Leve, cheio de anedotas e com várias referências engraçadas (para um economista, claro), o livro tem uma abordagem bem diferente dos tradicionais manuais da área (Wooldridge, Greene, Cameron & Trivedi, etc). Ao invés de se trazer provas matemáticas e longas explicações teóricas, Mastering ‘Metrics toma como ponto de partida a abordagem de potential outcomes e segue direto para a explicação de cinco técnicas de inferência causal (“the furious five”, no linguajar do livro): experimentos aleatorizados, regressão com matching, variáveis instrumentais, desenho de regressão discontínua e diferenças-em-diferenças. Embora o livro não tenha exercícios, vale para todos aqueles que querem aprender mais sobre a fina arte de relacionar causa e efeito.
Guilherme: Esperei esse livro por um bom tempo. O Mostly Harmless Econometrics é um dos meus livros de cabeceira. Quando queria indicá-lo, entretanto, tinha de levar em conta que, embora “mostly harmless”, não era um livro muito acessível em termos de linguagem matemática e estatística para pessoas de humanas (sobretudo do Direito), que não possuíam um treino específico. O Mastering ‘Metrics veio preencher essa lacuna por sua simplificação.


John Kruschke – “Doing Bayesian Data Analysis, Second Edition: A Tutorial with R, JAGS, and Stan”.

jags

Danilo: Uma excelente introdução à análise bayesiana para as ciências sociais. Como Angrist e Prischke, Kruschke tomou uma posição distinta dos outros textos sobre o tópico (Gelman et al., Geweke, ou Hoff) e reduziu ao máximo o uso de matemática em seu livro. Apenas com noções básicas de probabilidade e um pouco (bem pouco!) de cálculo é possível acompanhar o texto inteiro. Kruschke apresenta com muita clareza o teorema de Bayes, mostra como realizar análises estatísticas por meio de simulações, e, no final do volume, traz uma série de exemplos práticos dos modelos mais utilizados nas humanidades (OLS, logística, etc) com scripts feitos em R, JAGS e Stan, todos softwares gratuitos e de código aberto. Se você tem curiosidade de saber um pouco mais sobre estatística bayesiana e quer comprar um único livro sobre o assunto, essa é a minha recomendação.
Guilherme: Estatística bayesiana está em moda (ainda bem). Esse livro é ideal para aprender e indica os softwares “certos” para isso (R, Stan).


Stephen L. Morgan e Christopher Winship – “Counterfactuals and Causal Inference: Methods and Principles for Social Research”.

Morgan

Danilo: Mais um volume dedicado à inferência causal. Morgan e Winship lançaram nesse ano uma versão atualizada do seu excelente manual de 2007, no qual os autores também buscam explicar, em termos acessíveis, as vantagens e dificuldades do uso de contrafactuais nas ciências sociais. Mais detalhado do que Mastering ‘Metrics, poderia fazer parte do currículo dos cursos de metodologia para pós-graduação no país, como já o faz no exterior. Pode comprar sem susto.
Guilherme: Sempre estudei inferências causais sob a perspectiva do Modelo Causal de Rubin. Quanto entrei na estatística, passei a conhecer Judea Pearl. O livro vale principalmente por promover uma discussão de causalidade nos termos da variedade de modelos e mostrar sua aplicação em ciências sociais.


Janet M. Box-Steffensmeier, John R. Freeman, Matthew P. Hitt e Jon C. W. Pevehouse – “Time Series Analysis for the Social Sciences”.

box

Danilo: Outro excelente livro da série Analytical Methods for Social Research, publicada pela Cambridge University Press. Aqui, os autores trazem uma discussão detalhada sobre séries temporais, que embora sejam muito comuns nas ciências sociais, nem sempre são tratadas como deveriam. O livro descreve várias técnicas utilizadas na área (modelos dinâmicos de regessão, processos não-estacionários, entre outros), e apresenta muitos exemplos para ilustrar os pontos do texto. Um pouco mais técnico do que os demais, mas não menos relevante.


John H. Holland – “Complexity: A Very Short Introduction”. holland

Danilo: Há pouco tempo passei a me interessar por sistemas complexos, e esse livrinho de pouco mais de 100 páginas foi minha primeira leitura sobre o assunto. Holland é um notável conhecedor de sistemas complexos e resume os pontos principais da disciplina em 8 capítulos, todos eles breves e muito bem escritos. Para quem pretende se aventurar em modelagem baseada em agentes, essa é uma boa porta de entrada.


David A. Armstrong II , Ryan Bakker , Royce Carroll , Christopher Hare , Keith T. Poole , Howard Rosenthal – “Analyzing Spatial Models of Choice and Judgment with R”.

poole

Guilherme: Para quem estuda Multidimensional Scaling e métodos de estimação de ponto ideal em ciência política e gosta de R, este livro é fundamental. É o primeiro livro que aborda os aspectos computacionais dos modelos diretamente em R e focado em ciência política. Não é um livro fácil, entretanto. Para quem está estudando por livros como Borg & Groenen e Poole, é um livro muito bom para mostrar as particularidades dos modelos .


Hadley Wickham – “Advanced R”

hadley

Guilherme: Finalmente foi publicado o livro que todos já conheciam pela versão da internet. Hadley Wickham é simplesmente um mestre, sobretudo pelo pacotes que cria para o R (ggplot2, dplyr, entre muitos outros). Agora ele publica o manual definitivo de R. Vale muito a pena, para todos que se interessam por estatística. A versão online ainda pode ser encontrada aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s